Dicas de Cursos Online para Concursos Públicos

Confira dicas de como passar no Concurso BNDES 2018

Confira as principais dicas para passar no Concurso BNDES 2018

317

O BNDES é vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O órgão tem, entre suas atribuições, conceder financiamentos com fins de investimento em diversos segmentos econômicos para desenvolvimento do país.

O último concurso público para o BNDES estava previsto para 2016, mas por um corte de gastos todo o processo foi suspenso pelo governo federal. E isso deu tempo para os concurseiros que desejam uma vaga no órgão se preparem ainda melhor para as vagas que estão previstas.

Ainda não há nenhum comunicado por parte do BNDES sobre lançamento de editais, mas, sabe-se que o último certame realizado pelo órgão para preenchimento de vagas ocorreu em 2013 e já não possui mais validade.

E uma vez que houve a tentativa de novo concurso por parte do órgão e que foi cancelado em 2016, as vagas continuam abertas e um novo concurso deverá ser solicitado pelo BNDES para preenchimento desses postos de trabalho.

O órgão precisa fazer a solicitação do concurso para o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para que seja incluída na Lei Orçamentária Anual, e o órgão possa assim, preencher as vagas em aberto.

Como me preparar para o concurso?

O último concurso realizado para o BNDES ocorreu em 2013 e a banca organizadora foi a Cesgranrio.

Essa é uma banca que costuma apresentar questões de múltipla escolha com enunciados mais extensos, e cinco alternativas para resposta.

As provas de Português quase sempre exigem interpretação de charges e artigos de jornais, principalmente naquelas que abordam temas da atualidade.

Já nas provas de Matemática e Raciocínio Lógico, a Cesgranrio costuma utilizar gráficos e imagens, que devem ser interpretados pelo candidato.

As questões e disciplinas são pontuadas com pesos diferentes, por isso, a melhor técnica para se preparar é dedicar-se mais aos estudos de temas que possam ser abordados valendo mais pontos.

Assim, em caso de empate, os candidatos que acertam questões com maior peso levam vantagem nos critérios de desempate.

É importante não deixar de lado o estudo de línguas estrangeiras, pois, muitos profissionais do banco são responsáveis por negociações e planos internacionais. E essa qualificação poderá ser um diferencial.

Uma boa dica para os que irão fazer prova de espanhol, é não responder essa prova após a realização da de português. Assim, se evita cair em pegadinhas de falsos cognatos. Vale salientar, que o inglês ou espanhol cobrado me concursos é diferente do que é ensinado em cursinhos de idiomas, sendo possível atingir bons resultados no concurso sem ser fluente no idioma em questão.

É importante também montar um bom plano de estudos, que contemple todos os conteúdos previstos no edital para a vaga almejada. Isso pode ser feito a partir do edital anterior.

A quantidade de matérias vistas por dia deve ser planejada de acordo com o tempo disponível para estudos, não deixe de fora desse horário o tempo para resolução de questões com as temáticas vistas no dia.

Procure sempre fazer resumos do que foi estudado, assim ficará mais fácil rever conteúdos sempre que surgir dúvidas ou necessidade.

Uma das provas que costuma ser complexa para alguns candidatos é a de atualidades, portanto, é imprescindível que no seu planejamento de estudos o conteúdo seja visto, e você se mantenha bem informado a respeito do que está acontecendo no país que pode influenciar em temas gerais ao BNDES.

A Fundação Cesgranrio costuma ter provas bastante equilibradas, entre questões de nível fácil e questões mais complexas, além de diversas pegadinhas durante a prova, sendo essencial estar familiarizado e atento aos detalhes, para que possa acertar essas questões e se diferenciar dos demais concorrentes.

Vagas para o concurso BNDES

O Concurso BNDES 2018 ofertará vagas nos cargos de técnico administrativo e profissional básico, o preenchimento dessas vagas exige dos candidatos formação em níveis médio e superior, respectivamente.

Este é um concurso bastante esperado e por isso deverá ser muito concorrido, até mesmo porque algumas pessoas já se preparam para o preenchimento dessas vagas desde quando o concurso foi cancelado em 2016. Portanto, é essencial iniciar seus estudos antes mesmo que o edital seja lançado.

Conteúdos e Simulados

Como ainda não se sabe mais informações a respeito do concurso público do BNDES 2018, uma boa forma de se preparar é utilizando as informações do edital anterior.

Assim, de posse das informações do edital de 2013 e sabendo a vaga que você deseja preencher no concurso deste ano, comece a se preparar e estudar pelo conteúdo programático previsto para o concurso BNDES 2013.

Sempre após finalizar um dos tópicos a serem estudados, é interessante realizar questões para verificar se o conteúdo foi realmente assimilado. E caso ocorram erros, o ideal é aproveitar para já realizar uma revisão.

Após um determinado período estudando, quando já se conhece a maior parte dos temas que seriam abordados na prova, o ideal é realizar um simulado.

Assim, você poderá avaliar se realmente está aprendendo o conteúdo da maneira pretendida, ou se durante seus estudos algum tópico não foi realmente absorvido como deveria e existe a necessidade de revisão.

Nesse caso, ainda haverá tempo hábil para a correção de falhas nos estudos, realizando revisões sobre os temas que você não soube responder durante a prova.

Responder questões te deixará mais preparado para o dia da prova, além de ser um bom parâmetro de aprendizagem.

Critérios de desempate

Por ser um concurso com índice de concorrência bastante elevado, conhecer cada detalhe da correção das provas é uma boa estratégia.

E os critérios de desempate, costumam preocupar bastante aos que estudam para o concurso do BNDES. Principalmente devido a alta concorrência, conhecer as regras de desempate pode ser crucial para a sua aprovação, se você estudar estrategicamente.

Neste caso específico, o primeiro critério de desempate é a idade do candidato, tem prioridade pessoas com mais de 60 anos.

Em seguida, o segundo critério é quem tem a maior nota na prova objetiva de conhecimentos específicos. Sendo, portanto, uma estratégia inteligente dedicar-se a essas matérias enquanto estuda.

 

De forma geral, é importante definir metas e prazos para que você não se desestimule no processo de estudar para o concurso, e consiga cumprir todo o conteúdo programático para ser aprovado no concurso BNDES 2018.

100%
  • Concurso

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.