Dicas de Cursos Online para Concursos Públicos

Curso de Nutrição: o que estuda e qual a sua duração?

239

Gosta da área da saúde e quer trabalhar com alimentação? Então você pode se tornar nutricionista! Neste texto, vamos explicar como funciona o curso de nutrição, o que estuda e quanto tempo ele dura. 

O profissional de nutrição promove saúde e bem estar por meio dos alimentos certos. Ele pode atuar em clínicas particulares, na saúde coletiva ou até prestar consultoria para indústrias de alimentos e restaurantes. 

Mas como saber se essa é a faculdade ideal para você? Neste artigo, você vai descobrir. Além de conhecer um pouco também sobre o curso de Nutrição da FMU, uma das melhores opções para o seu futuro. Continue lendo e entenda!

Curso de nutrição: o que estuda?

Antes de falar sobre a profissão de nutricionista, vamos mostrar como funciona o curso de nutrição: o que estuda, quais são as matérias, entre outras dúvidas comuns. 

Essa graduação tem duração de 8 semestres, ou seja, 4 anos. Ao longo desse tempo, o aluno vai aprender sobre a composição e a importância de cada grupo alimentar. Além disso, vai estudar a forma como os alimentos afetam o corpo humano e como promover saúde por meio de uma alimentação adequada. 

Durante o curso, o estudante vai ter muitas disciplinas teóricas voltadas para o campo da saúde. Mas também vai passar por diversas matérias práticas, em laboratórios e visitas de campo, nas quais deve aprender sobre técnicas de manuseio e preparo dos alimentos, entre outros temas.

Grade curricular

Mas afinal, como essas aulas são dividas no currículo? Veja a seguir um exemplo, do curso de Nutrição da FMU:

  • Bioestatística e Epidemiologia;
  • Bioquímica dos Alimentos;
  • Bromatologia e Tecnologia dos Alimentos;
  • Controle Higiênico e Sanitário dos Alimentos;
  • Desenvolvimento Humano e Social;
  • Educação e Comunicação em Saúde;
  • Estilo de Vida, Saúde e Meio Ambiente;
  • Estrutura e Função Humana;
  • Ética e Profissionalismo em Nutrição;
  • Gestão de Clínicas e Consultórios;
  • Metodologia Científica;
  • Nutrição Comunitária e Social;
  • Nutrição em Estética;
  • Nutrição Materna e Infantil;
  • Nutrição na Atividade Física;
  • Nutrição da Infância e na Adolescência;
  • Nutrição no Adulto e no Idoso;
  • Prática Dietética I;
  • Prática Dietética II;
  • Prática Dietética III;
  • Práticas em Serviços de Alimentação e Nutrição;
  • Processos Biológicos;
  • Processos Nutricionais e Metabólicos;
  • Programa de Integração de Saúde da Comunidade;
  • Saúde Coletiva;
  • Sistemas Digestório e Endócrino;
  • Técnica Dietéticas e Gastronômicas;
  • Terapia Nutricional Enteral e Parenteral;
  • Trabalho de Conclusão de Curso.

Além disso, as normas do Ministério da Educação para o curso exigem que o estudante passe por estágio em três áreas de atuação:

  • Clínica (atendimento em hospitais, ambulatórios e clínicas especializadas);
  • Alimentação institucional (cozinhas comerciais e industriais);
  • Saúde coletiva (programas governamentais, de assistência social ou saúde pública).

Mercado de trabalho para nutricionistas

Depois de entender o curso de nutrição, o que estuda e como funciona a faculdade, você deve estar se perguntando sobre o mercado de trabalho, certo?

Todas essas disciplinas servem para capacitar o graduado a atuar em áreas como nutrição clínica, saúde pública, nutrição esportiva, indústria alimentícia, entre outras.

Áreas de atuação

Algumas das atividades que esse profissional pode executar são:

  • Realizar diagnóstico nutricional;
  • Cuidar do controle de qualidade dos alimentos oferecidos por cozinhas industriais;
  • Prescrever dietas e suplementos para pessoas sadias ou com deficiências nutricionais;
  • Planejar a alimentação de atletas;
  • Gerenciar programas de alimentação e nutrição coletiva;
  • Desenvolver novos produtos alimentícios e avaliar a possibilidade de consumo humano.

Tudo isso pode ser feito em clínicas, hospitais, unidades básicas de saúde, cozinhas e na indústria. Ou seja, existe uma grande variedade de ambientes de trabalho possíveis para o nutricionista. 

Mas vale ressaltar, em especial, a nutrição clínica como uma das áreas de atuação com maior procura hoje em dia. 

Isso porque estamos assistindo a um aumento no consumo de produtos ultraprocessados e um crescimento no número de pessoas com doenças crônicas associadas com a alimentação, como diabetes, colesterol alto e hipertensão. Então muita gente procura os nutricionistas para tentar ter uma vida mais saudável. 

Só que vale lembrar: independente de onde você for atuar como nutricionista, vai precisar do registro junto ao Conselho Regional de Nutrição (CRN) do seu estado. Então não esqueça de procurar o CRN logo depois de formado para formalizar o seu trabalho. 

Onde estudar Nutrição?

Gostou de saber mais sobre o curso de nutrição, o que estuda e onde você pode trabalhar? Então chegou a hora de escolher a melhor instituição de ensino para começar a estudar!

Um dos principais pontos para prestar atenção nesse momento é nos laboratórios. Preste atenção para escolher uma faculdade com bons espaços para as aulas práticas. Afinal, você viu ali em cima que elas são bastante frequentes nessa formação.

Também procure saber se a instituição possui ambulatórios ou outros projetos de atendimento à comunidade. Nesses ambientes, você vai acumular conhecimentos que vão além do currículo do curso e podem acrescentar muito na sua formação.

Por fim, não esqueça de avaliar a grade curricular e pesquisar sobre os professores. Dê preferência para aquelas faculdades modernas, com docentes mestres e doutores sempre atualizados. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.